Mercado de lingerie continua em alta

mercado-de-lingerie
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

Por debaixo das roupas, mais roupas. Ou melhor, peças íntimas. E quem pense que somente porque não podem ser vistas, as lingeries são deixadas de lado, engana-se. Porque no mercado, a procura pelas peças só aumenta, ano após ano. Crescente, a economia neste mercado não vê crise, ao contrário. E quem comemora são os fabricantes e os lojistas. Desde 2011, o mercado das peças íntimas ainda não enfrentou déficit, e sim superação. De lá para cá, as vendas aumentaram em até 15%. Épocas específicas, com o final do ano e o Dia dos Namorados também contribui para o crescimento das vendas. Porque, pelo sim pelo não, todos querem entrar o ano com dinheiro, e os mais supersticiosos compram calcinhas e cuecas amarelas. Já os enamorados e amantes desejam presentear os amados e optam por novas peças íntimas.

 

mercado-de-lingerie

 

Se o mercado de lingerie continua em alta – lucre com isso você também

E se o mercado de lingerie continua em alta – lucre com isso você também. Uma das maneiras de entrar nessa nova e garantir ganhos com o ramo de peças íntimas é virar revendedora. O investimento inicial é baixo e o lucro é certeiro. Porque afinal que mulher não gosta de usar uma calcinha nova, um sutiã diferente? Todas querem. E vender lingerie é diferente de vender outro tipo de roupa; por serem peça, s menores você consegue transporta-las com muita facilidade em bolsas e sacolas pequenas e pode tranquilamente mostra-las a grupos de amigas no trabalho, na faculdade, em colégios, em ambientes familiares.

Outra facilidade é a venda por consignação. Isso significa que você pagará à fábrica apenas o que conseguir revender. O que dá a você uma margem de negociação maior, e a baixo risco, caso as vendas não sejam satisfatórias. Um dos privilégios de quem revende peças íntimas é a oportunidade de fazer uma clientela fiel, que procure você em casa mesmo ou por telefone, e que saiba que pode sempre confiar na qualidade dos seus produtos. Depois de um tempo vendendo lingerie, os clientes procurarão você sempre que quiserem uma nova peça íntima.

Um fator que coloca o mercado da lingerie em alta é o começo do verão, a estação mais quente e desejada do ano. No Brasil, a mulherada adora uma peça íntima nova e aproveita a entrada do verão para renovar o guarda-roupas. Isso porque geralmente muitas das marcas de lingerie costumam fabricar também uma linha moda praia. Aí, a cliente que já vai renovar a compra do biquíni, aproveita e também leva para casa calcinha e sutiã. Se você é ou quer ser uma revendedora de peças íntimas, fique ligadas nestes detalhes porque você pode lucrar muito com esses pequenos cuidados.

 

Como aproveitar a alta do mercado de lingerie?

 

E quando se fala em verão, a gente lembra do mês de janeiro, data de pico da estação e também início de um novo ano. E ano novo também costuma ser um dos motivos de as pessoas comprarem novas peças íntimas, geralmente para passar a virada do ano. Muitos – supersticiosos – costumam não quebrar – de jeito nenhum – o ritual e usar uma peça íntima nova – e da cor que atrai determinada situação ou objetivo – na virada do ano. Se a pessoa quer dinheiro, usa uma peça amarela. Se o desejo é atrair o amor, escolhe-se uma peça vermelha. Se opta por desejar a paz, a cor escolhida é o branco. Enfim, há opções. E mesmo que não tem superstição geralmente não deixa de usar uma lingerie nova, pelo sim pelo não.

mercado-de-lingerie

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *